A Europa Medieval: a formação do feudalismo

 

Vamos falar um pouco sobre a Idade Média na Europa Ocidental. Esse período histórico pode ser estudado tomando-se por balizas cronológicas a decadência do Império Romano do Ocidente com as invasões bárbaras em 476 e a tomada de Constantinopla pelos turcos otomanos em 1453. Assim, temos praticamente mil anos de história pela frente.

Durante muitos anos, os historiadores consideraram a Idade Média como um período de trevas, sem nenhuma produção de importância. Veremos que não se pode mais tentar compreender a Idade Média a partir desta perspectiva.

 

Idade Média é época de cavaleiros e espadas. Mas também é um período em que a Igreja Católica ditou as regras. E, um tempo em que as pessoas não tinham grandes condições de mudar de vida. Mas vamos por partes. Primeiramente, vamos definir o que é feudalismo.

Feudalismo é um conjunto de práticas econômicas, sociais e políticas que vigoraram durante a Idade Média, mais precisamente, na Baixa Idade Média. É bom lembrar que a Idade Média é dividida em duas partes pelos historiadores. Você vai encontrar sempre nos livros os autores se referindo à Alta Idade Média (século V a XI) e à Baixa Idade Média (século XII a XV).

No campo da política, podemos dizer que de forma geral, os reis perderam importância, pois deixaram de exercer o poder de fato. Eram assim, meras figuras decorativas. O poder político passou a ser desempenhado pelos senhores feudais, cada qual a sua maneira. Por isso dizemos que o poder político na Idade Média era descentralizado.

 

O campo sobrepõe-se às cidades. A cidade perde a importância que um dia teve no Império Romano. A economia é basicamente agrária e de subsistência, sendo realizada com ferramentas muito rudimentares. O comércio é realizado por meio de trocas, o dinheiro é escasso e as dificuldades de equivalência monetária também prejudicam o comércio.

 

Socialmente, vamos observar três classes sociais rigidamente separadas. É o que chamamos de sociedade estamental. A escravidão deixa gradativamente de existir e o trabalho servil é a característica mais marcante da Idade Média.

Em amarelo podemos considerar a reunião do clero e dos nobres (cerca de 2%), enquanto em azul temos o restante da população (98%), desde servos até homens livres.

O clero era formado pelos religiosos, que exerceram grande influência na Idade Média.

Nobres, eram as pessoas detentoras de títulos, como Duques, Viscondes, Marqueses e Barões. As propriedades de terras, geralmente, estavam nas mãos desses nobres.

O restante da população era composto por servos, trabalhadores rurais, andarilhos, mendigos, comerciantes e oficiais mecânicos, como sapateiros, ferreiros, ourives e alfaiates. Era a maior parte da população do período.

Uma das maiores características do período era justamente a impossibilidade de movimentação vertical nessa pirâmide social. Um servo nascia nessa condição e assim morria. Um nobre, muito dificilmente viraria um servo, mesmo na mais completa decadência financeira. Já os religiosos, eram na sua maioria, de origem nobre, pois o custo com a educação religiosa raramente era pago por um servo.

Os servos estavam submetidos aos seus senhores por diversos laços de servidão, e a eles nada restava a não ser trabalhar de sol a sol.

Os nobres deliciavam-se com grandes caçadas e uma pequena ou grande batalha era algo que lhes despertava muito interesse.

O clero ditava as regras. O conhecimento na Idade Média era produzido majoritariamente pela Igreja. Suas idéias eram como lei. Quem ousasse desafiar a Igreja era sumariamente julgado e condenado por heresia, normalmente morto na fogueira em praça pública para servir de exemplo aos outros. Era a predominância do teocentrismo.

 

Por hoje é só. Aguarde que em breve, novas informações sobre a Idade Média serão colocadas on-line.

 


Página criada por Norton Frehse Nicolazzi Júnior - Positivo Ambiental Fundamental

O Educacional não se responsabiliza pelo conteúdo das páginas criadas através do "Construtor de Páginas". Se você considerar algum conteúdo desta página ofensivo, por favor entre em contato com a equipe do Educacional, clicando aqui.